Nossas Redes Sociais

Publicidade

Jennifer Lopez Brasil
J-Lo realiza show privado para Qatar Airways em Atlanta e gera polêmica
1 ano atrás | Por João Márcio Corrêa
Eventos Show Show privado

Polêmica

Na última noite de terça-feira (17), Jennifer Lopez realizou um show privado para líderes sociais, cívicos e filantrópicos de Atlanta no Fox Theatre. O evento visava comemorar a chegada da Qatar Airways na cidade, já que seu serviço em Atlanta será lançado em breve.

J-Lo preparou um setlist de hits e até algumas performances realizadas no seu show “All I Have” para os nobres convidados que estavam comemorando a parceria no teatro.

O que ninguém esperava (talvez nem a própria Jennifer) era a reação dos integrantes da Associação de Comissários de Borbo – CWA, que representados pela presidente internacional da associação Sara Nelson, repudiavam e pediam o cancelamento do show no evento.

Segundo a presidente, J-Lo poderia estar colaborando sem saber de todos os problemas da empresa Qatar Airways e o seu país de origem: além de machista e ser um país com quase nenhum direito às mulheres, o Qatar possui leis anti-LGBT, que podem levar a pessoa ser presa por 5 anos. Outros tipos de relações sexuais são punidas por flagelação e a pena por adultério é de 100 anos de prisão.

Sara Nelson insistiu e elogiou o recente single de J-Lo, “Ain’t Your Mama”:

“Dos comissários de bordo, 83% são mulheres, são fãs de seu trabalho e vídeo da música recente “Ain’t Your Mama” que anuncia os direitos das mulheres, começando com uma narração de Hillary Clinton afirmando que “os direitos das mulheres são direitos humanos”, e continuando a igualdade de remuneração e as questões das outras mulheres. No entanto, apoiando uma companhia aérea que destrói os direitos das mulheres e espezinha os direitos humanos irá destruir a sua credibilidade e popularidade. Indo para a frente com este evento será sinal de que você só é motivada a lucrar com a desigualdade, a opressão dos trabalhadores e desprezo para o nosso gênero. Por favor, considere que isso também poderia prejudicar a credibilidade daqueles que você promove, incluindo a mulher que está prestes a se tornar a primeira mulher presidente dos Estados Unidos da América. As apostas são altas. Estamos pedindo que cancele a sua aparição no Fox Theater, em 17 de maio e se juntar a nós em chamar pela igualdade de direitos, os direitos laborais e os direitos humanos no Qatar Airways. Esperamos que você se junte a nós.”

Infelizmente, o show foi realizado normalmente. Ainda não sabemos se as declarações de Sara chegaram à Jennifer Lopez. A artista não se pronunciou sobre o ocorrido.

Confira algumas fotos do evento:

Comentários